Agendamento e informação através do e-mail evaldo@foniatria.med.br

LEITURA E ESCRITA

AQUISIÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA

Depois de adquiridas todas as habilidades que permitem a estruturação da linguagem, e decorridos alguns anos de sua consolidação, fica possível a próxima etapa, que consiste na aquisição e automatização da leitura e da escrita. São processos que exigem sofisticado refinamento da capacidade de abstração. A leitura só é possível quando há a possibilidade de que cada letra, de cada palavra, seja perfeitamente identificada e relacionada com o som correspondente, na mesma sequência em que se apresentam. A escrita implica na identificação auditiva de cada som na sequência em que aparecem em cada vocábulo, na definição visual da letra correspondente a cada um deles, e na programação motora dos movimentos a serem realizados pela mão , para concretamente representá-los na mesma sequência. Depois de dominada essa etapa é possível a automatização desse processo, em que a transposição sons/letras, e vice-versa, ocorre sem necessidade de monitoramento consciente. Só a partir desse momento (automatização) é viável o aprendizado das regras sintáticas que regem a escrita e o domínio das suas nuances ( s/ss/ç; ch/x; j/g; ão/am; l/u; m/n; a pontuação e etc.).

Após algum tempo de consolidação desse processo, isto é, o tempo usado para que a criança “brinque” com a leitura e a escrita para perceber o seu aspecto pragmático, adquira alguma desenvoltura na sua utilização, pegue gosto pelo prazer em dominá-las ( o juízo de valor já está suficientemente desenvolvido nessa época ), é que a leitura e a escrita deveriam ser utilizadas para trabalhar com conteúdos programáticos.

DISLEXIA

A convivência com a criança que tem mau rendimento escolar é muito sofrida. Os próprios pais têm dificuldade de entender por que, embora inteligente e esperto, o filho possa ser tão oscilante em seu desempenho com a leitura e a escrita. São levados a acreditar que só a má vontade e a falta de interesse podem justificar a letra feia e irregular, difícil de ser decifrada.

POR QUE VIR A SER DISLÉXICO 1?

Uma criança só pode ser considerada alfabetizada quando consegue fazer a transposição de sons para as letras (escrever) e de letras para sons (ler) de maneira automática, ou seja, sem necessidade de tomar consciência dos mecanismos a serviço dessas transposições…

POR QUE VIR A SER DISLÉXICO 2?

Um dos problemas de aprendizagem que mais preocupa e desorganiza a dinâmica das famílias é o insucesso escolar dos filhos. Entre suas muitas causas está a falha na discriminação auditiva, a dificuldade em diferenciar os sons da fala. Esta pode ser detectada clinicamente e muitas vezes ocorre também em crianças com audição normal…

PROBLEMAS NA LEITURA E NA ESCRITA: MUITAS VEZES, A PONTA DO ICEBERG

A aquisição e a automatização dos mecanismos de leitura e de escrita são processos extremamente complicados.
Na leitura, há a necessidade de se estabelecer a correspondência entre as letras e os sons que as representam, na mesma sequência em que estão colocados na palavra. A seguir, a palavra precisa ser identificada para que se chegue ao seu significado e, assim sucessivamente, até que se chegue à compreensão do texto como um todo…

LINGUAGEM E SUAS DIFERENTES FORMAS DE MANIFESTAÇÃO

A linguagem é o nome que se dá a qualquer meio sistemático de comunicar idéias ou sentimentos através dos signos. Signo é tudo aquilo que representa alguma coisa e, portanto, está sempre na dependência de quem o interprete. Essa correlação, em que se alternam o que é representado e o que se interpreta, também ocorre o tempo todo com a gente mesmo e rege todas as nossas relações. É a nossa “conversa interior”…

DIFICULDADE ESCOLAR

É muito sofrida a vida de crianças “normais” que têm dificuldade escolar. A grande maioria é inteligente e tem bom potencial. Em razão de pequenos desajustes funcionais, passíveis de ser identificados e tratados pela medicina foniátrica, o rendimento escolar fica muito abaixo do que se espera, além de desproporcional ao esforço despendido…

A LEITURA E ESCRITA  X  LINGUAGEM

Diferente das outras espécies animais, os homens são dotados de um equipamento neurológico que permite o desenvolvimento da noção de tempo. É uma conquista absolutamente impossível para qualquer outra espécie. Isso só foi conseguido porque a definição do espaço , que é imprescindível para atividade vital de todas as espécies animais, acontece de maneira abstrata para o homem.

SINAIS CLÍNICOS DE FALHAS DOS PRÉ-REQUISITOS PARA A AQUISIÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA (E DA LINGUAGEM)

São vários os sinais clínicos que apontam o comprometimento das condições que garantem o desenvolvimento da linguagem e a aquisição e automatização da leitura e da escrita (alfabetização), que se manifestam desde o nascimento.
(em *Leitura e Escrita*vide Pré-requisitos para Aquisição da   Leitura e Escrita E da Linguagem).